Butterfly Landing On Pointer

Curiosidades

Dica da Stella: 
6 maneiras de cuidado para seu cabelo
1) Lava o cabelo a cada 3 dias- a lavagem diária retira os óleos naturais da cutícula do cabelo e pode deixar o teu cabelo fraco, mole e difícil de trabalhar.

2) Quanto mais saudável for a tua dieta, mais espesso, brilhante e saudável será o teu cabelo. E bebe também muita água para evitar secura e promover o brilho natural.

3) Termina a lavagem com água morna ou fria para ajudar a fechar a cutícula do cabelo e permitir um brilho natural. Seca sempre o cabelo com uma toalha antes de aplicares o condicionador senão tu estás a dilui-lo em cerca de 70%.
4) Secar, encaracolar, alisar - quem sabe qual é o nosso estilo se não usarmos as nossas ferramentas favoritas? Mas, por muito que nós os amemos, o calor gerado por esses aparelhos pode penetrar na cutícula e deixar os cabelos secos, danificados e sem brilho. Abençoados sejam os produtos de protecção contra o calor!
5) Nutrir, nutrir, NUTRIR! Eu simplesmente não posso salientar isto o suficiente. Trata os teus cabelos com uma máscara para cabelo uma vez por semana - e atira as instruções pela janela fora! Muitas máscaras dizem-te para deixar o produto por cerca de 10-15 minutos, mas menos de 30 minutos é geralmente inútil. E quando o cabelo estiver totalmente revestido na máscara condicionante, envolve-o  em película aderente para selar o calor, o que irá ativar as propriedades da máscara.
6) Se tu quiseres um cabelo saudável e sem pontas espigadas não te esqueça de reservar regularmente um tempinho no cabeleireiro para o aparar. Cabelos finos devem ser aparados a cada seis semanas, enquanto que cabelos grossos precisam de um corte de oito em oito. Deixa-o sem aparar por mais tempo do que isso e as pontas espigadas vão crescer ao longo do cabelo, o que significa um corte maior. É a tua escolha!

Dica de Bloom:
Um cheirinho de magia
Os cheiros têm uma ligação direta com as nossas emoções: pensa num cheiro "bom" (biscoitos ou pão acabados de fazer, flores frescas, etc.) e tu vais começar a sentir uma melhoria no teu humor. Depois pensa num cheiro "mau" (poluição, etc) e o oposto é mais provável que aconteça. Mas tu acreditas que os cheiros não têm só o poder de afetar o nosso humor, eles têm o poder de afetar o nosso comportamento também? Odores podem ter efeitos positivos no humor, reduzir o stresse, melhorar o sono, a autoconfiança e o desempenho físico e cognitivo. Por isso, se te tornares mais consciente na forma como odores específicos te afetam pessoalmente, tu poderás ser capaz de melhorar a tua saúde e bem-estar!
Por exemplo, resultados de pesquisas em aromaterapia confirmam que o cheiro de limão promove a concentração e a atenção, enquanto que atletas que inalaram o cheiro de menta ficaram menos cansados nos seus exercícios pois o cheiro de menta aumenta a circulação sanguínea e revigora o corpo e a mente!
Hortelã-pimenta é geralmente estimulante! O perfume de hortelã-pimenta aumenta a atividade na área do cérebro que nos acorda pela manhã. Por exemplo, pessoas a fazer exercícios correm mais rápidas e fazem mais flexões quando expostos ao aroma. Experimenta pôr algumas gotas de óleo de hortelã-pimenta num punho desportivo!

Jasmim ajuda a dormir. O perfume de jasmim no teu quarto ajuda a uma noite tranquila de sono e a um maior nível de vivacidade no dia seguinte. O cheiro também aumenta as ondas cerebrais associadas com o sono profundo. Põe um pouco de óleo de jasmim num difusor de aroma ou borrifa algumas gotas na tua almofada!
Lavanda é geralmente relaxante. A exposição ao odor de lavanda pode diminuir o ritmo cardíaco. Usa o perfume para relaxar antes de dormir ou inala algumas baforadas durante os intervalos das aulas para recarregares as energias. Pesquisadores japoneses acham que esta prática ajuda a evitar a queda na concentração durante à tarde!

Baunilha ajuda na perda de peso. Segundo pesquisas, ela funciona como um substituto do prazer que tu terias ao comer doces, mas sem as calorias! Este não é um perfume que tu usarias se tivesses o estômago vazio, pois é provável que simplesmente aumentasse a tua fome, mas se tu tiveste um almoço saudável pode ajudar a refrear o desejo por uma barra de chocolate!
Tu podes também usar o olfato para estimular a tua memória quando fizeres um teste: a tua capacidade de recordar informação pode ser melhorada através da inalação de um odor que tu respiraste enquanto absorvias essa informação! Tenta isto: acende um pauzinho de incenso enquanto estudas; depois quando fores fazer o teste, leva um frasquinho de óleo ou perfume com a mesma fragrância do incenso! Vais ver que a tua memória funciona melhor.


Assim que melhora a tua saúde e o teu humor rodeando-te com aromas agradáveis!

Dica da Flora:
Dicas para estudar
Dá uma vista de olhos nesta lista de dicas para estudar e desenvolve hábitos de estudo mais eficazes e eficientes para te ajudar a melhorar as notas na escola! 

Anota todas as tuas tarefas

O lugar mais lógico para anotares os teus exercícios e TPCs é no respectivo caderno, mas tu podes preferir manter uma lista de todas as tarefas num bloco de notas simples, ou mesmo no teu tele-móvel. A forma como manténs a lista não é importante, mas o que é absolutamente essencial é anotar cada tarefa, a data de entrega e a data do teste. E não te esqueças da lista!

Organiza com cores

Planeia o teu próprio sistema de cores para manter as tuas tarefas e pensamentos organizados. Podes escolher uma única cor para cada classe e usar essa cor para a tua pasta, marcador, notas e canetas. Ficarás surprendida ao descobrir o quanto uma forte organização pode mudar a tua vida!

Cria uma zona de estudo em casa
Dedica algum tempo a analisar o teu estilo de estudar e as tuas necessidades, para encontrar o local de estudo perfeito. Afinal de contas, se tu não consegues concentrar-te não podes esperar aprender muito bem. Cada aluno é diferente. Alguns precisam de um compartimento completamente tranqüilo e sem interrupções quando estudam, mas outros estudam melhor escutando música ou sons de fundo e fazendo várias interrupções. Encontra um lugar para estudar que se adeque à tua personalidade e estilo de aprendizagens específicas. Coloca então todo o material necessário para estudares nesse compartimento, para que não tenhas distrações desnecessárias!
Tempo

Tenta não gastar mais do que uma hora numa mesma disciplina. Tenta não gastar mais do que 20 a 30 minutos a memorizar. Blocos curtos de tempo é o melhor método para estudar e reter informação.
Matérias similares... Momentos distintos!
Tenta estudar matérias semelhantes em alturas diferentes. É importante manter períodos de estudo separados para matérias semelhantes. Isso aumenta a variedade no tempo de estudo específico e mantém o teu cérebro alerta e ativo!
Alimentação Saudável!!
Come um pouco para teres energia para estudar, mas evita o excesso de açúcar que te fará hiperactiva e tornará o estudo mais difícil.
Musica!
Ouvir músicas relaxantes, como música clássica ou jazz, em volume baixo pode aliviar um pouco o tédio de estudar.
Prepara-te para o dia do teste
Tu sabes que é importante estudar para o dia do teste, não? Mas há outras coisas que tu deves ter em consideração, para além da matéria que o teste vai cobrir. Imagina que no dia do teste a sala de aula está gelada? Para muitos alunos essa seria causa suficiente de distração e para interromper a concentração, o que pode levar a más escolhas e más respostas. Vai prevenida para o calor ou frio!
Tomam notas fabulosas
Existem alguns truques para tirar notas fabulosas que realmente ajudam quando se trata de estudar. Se tu és uma pessoa visual, deves fazer muitos rabiscos no papel. Rabiscos úteis, porém! Assim que te aperceberes que um assunto se relaciona com outro, que vem antes de outro, que é o oposto do outro, ou que tem qualquer tipo de conexão com outro, faz um desenho que faça sentido para ti. Às vezes a informação não se afunda na tua mente até que tu a vejas como imagem.

Dica da Musa:
Gêneros Musicais
Assim como existem várias definições para música, existem muitas divisões e agrupamentos da música em gêneros, estilos e formas. Dividir a música em gêneros é uma tentativa de classificar cada composição de acordo com critérios objetivos, que não são sempre fáceis de definir.
Uma das divisões mais freqüentes separa a música em grandes grupos:

Música erudita - música tradicionalmente dita como "culta" e no geral, mais elaborada. É irronicamente conhecida como "música clássica", pois a música clássica real é a música produzida levando em conta os padrões do período musical conhecido como Classicismo. Seus adeptos consideram que é feita para durar muito tempo e resistir a moda e tendências. Em geral exige uma atitude contemplativa e uma audição concentrada. Alguns consideram que seja uma forma de música superior a todas as outras e que seja a real arte musical. Porém, deve também ser lembrado que mesmo os compositores eruditos várias vezes utilizaram melodias folclóricas para que em cima dela fossem compostas variações. Alguns compositores chegaram até a apenas colocar melodias folclóricas como o segundo sujeito de suas músicas. O géneros erudito é dividido sobretudo de acordo com o período em que as peças foram compostas ou pelas suas características predominantes.

Música popular - associada a movimentos culturais populares. Conseguiu-se consolidar apenas após a urbanização e industrialização da sociedade e tornou-se o tipo musical icónico do século XX. Apresenta-se actualmente como a música do dia-a-dia, tocada em shows e festas, usada para dança e socialização. Segue tendências e moda, e muitas vezes é associada a valores puramente comerciais, porém, ao longo do tempo, incorporou diversas tendências vanguardistas e inclui estilos de grande sofisticação. É um tipo musical frequentemente associado a elementos extra-musicais, como textos (letra de canção), padrões de comportamento e ideologias. É subdividida em incontáveis géneros distintos, de acordo com a instrumentação, características musicais predominantes e o comportamento do grupo que a pratica ou ouve.

Música folclórica ou música nacionalista - associada a fortes elementos culturais de cada grupo social. Tem caráter predominantemente rural ou pré-urbano. Normalmente é associada a festas folclóricas ou rituais específicos. Pode ser funcional (como canções de plantio e colheita ou a música das rendeiras e lavadeiras). Normalmente é transmitida por imitação e costuma durar décadas ou séculos. Incluem-se neste gênero as cantigas de roda e de ninar.

Música religiosa - utilizada em liturgias, tais como missas e funerais. Também pode ser usada para adoração e oração ou em diversas festividades religiosas como o Natal e a Páscoa, entre outras. Cada religião possui formas específicas de música religiosa, tais como a música sacra católica, o gospel das igrejas evangélicas, a música judaica, os tambores do candomblé ou outros cultos africanos, o canto do muezim, no Islamismo entre outras.

Dica da Roxy:
Porque os gatos fazem isso?
Por que amuam os gatos?
Os seres humanos são enormes para um gato. Ao repreendê-lo, tu estás a intimidá-lo. E quando olhas para baixo por cima de um gato para discipliná-lo, ele associa o teu olhar fixo com o de um rival. Os olhos de muitos animais são um sinal do poder. Em situações hostis, um gato dominante olha para o seu rival, que desvia o olhar para diminuir a hostilidade. Por isso, quando o teu gato se afasta depois de o disciplinares, ele não está a ignorar-te, mas sim a render-se.

Os gatos sonham?
Assim como os humanos, os gatos têm fases alternadas de sono leve e profundo. Os sonhos ocorrem durante a fase de sono profundo. Durante esta fase eles podem movimentar as suas patas e garras, contorcer os bigodes ou sacudir as orelhas. Às vezes podem mesmo miar.

Por que treme a cauda dos gatos?
Quando o rabo de um gato treme, isso pode significar uma ligeira irritação. Se erecto em todo o comprimento parece estar a tremer de emoção, o que significa exatamente isso - excitação.

O que significa quando um gato sacode a cauda de um lado para o outro?
A cauda a abanar tranqüilamente de um lado para o outro significa alegria. Se o gato está sentado com a cauda a abanar suavemente para trás e para frente, ele está concentrado intensamente em alguma coisa. Agitar a cauda vigorosamente significa raiva. É sinal de mau humor e de que o gato está chateado.

Por que gostam os gatos de se roçar nas tuas pernas?
Quando um gato roça a cabeça ou o lado do seu queixo contra ti, uma peça de mobília, ou qualquer outro objeto, ele está realmente a depositar o seu perfume neles, por forma a marcar o seu território. Os gatos têm glândulas que produzem uma substância química chamada feromona e que eles transferem aos objetos através de fricção.

Por que gostam os gatos de rolar e expor o estômago?
É uma forma de saudação, o maior elogio que um gato pode dar a um ser humano. Esta linguagem corporal mostra o quanto ele gosta de ti e quão confortável se sente contigo. Expor totalmente o estômago revela como ele se sente seguro, porque a área do estômago é a parte do corpo mais vulnerável do gato. Ele pode estar a pedir-te um carinho, convidar-te a brincar com ele, ou querer que lhe acaricie o estômago.

Os gatos têm memória?
Os gatos têm uma memória que pode ser até 200 vezes mais retentiva do que a dos cães. Os felinos usam a sua memória apenas para o que eles consideram como funções úteis, por isso a memória de um gato é bastante seletiva.

Os gatos podem ver cores?
Previamente acreditava-se que os gatos eram daltônicos, mas agora sabe-se que eles podem ver a diferença entre certas cores. Basicamente, eles vêem o mundo em tons de azul e verde. Apesar de verem a cor, os gatos não lhe dão muita importância. Na natureza, a cor não é particularmente necessária para a sobrevivência de um gato.

Dica da Tecna:
Escondendo do Sol
Um dos eventos mais espetaculares do céu é um eclipse solar.

Um eclipse solar ocorre quando a Lua passa entre o Sol e a Terra e parcialmente ou totalmente bloqueia a luz. Isso só pode acontecer durante uma fase de lua nova e, para tornar as coisas ainda mais misteriosas, às vezes a Lua bloqueia completamente o Sol, outras vezes parece que uma rodela foi retirada do Sol e, ocasionalmente, a Lua passa diretamente frente ao Sol sem o cobrir completamente.
Estes são os diferentes tipos de eclipses solares, mas qualquer um deles dá um show maravilhoso. Na Antiguidade, quando o nosso conhecimento dos astros não nos permitia prever eclipses, um eclipse solar era geralmente motivo de muita preocupação. Afinal, o Sol é muito importante para nós aqui na Terra e vê-lo desaparecer sem aviso é muito perturbador.

Tipos de eclipse solar
De uma forma geral, existem três tipos diferentes de eclipses solares. O mais impressionante, claro está, é um eclipse total do sol, que é quando a Lua cobre completamente a face do sol.
Um eclipse parcial ocorre quando a Lua não esconde completamente o Sol. Quando acontece um eclipse parcial parece que uma mordida semicircular foi retirada do Sol, como uma bolacha depois de teres dado uma mordida nela.
O terceiro tipo de eclipse é chamado eclipse anular. Estes eclipses ocorrem quando a Lua passa diretamente frente ao Sol, mas, por causa da distância entre a Lua e a Terra, o Sol não fica completamente oculto. Um pequeno anel da superfície do Sol ainda estará visível ao redor da lua.

Sombra em movimento
Quando a Lua passa na frente ao Sol, naturalmente lança uma sombra. Durante um eclipse solar, essa sombra cai na Terra e corre ao longo de uma determinada superfície. À medida que a lua avança mais superfície do Sol é coberta e a sombra fica mais escura até que finalmente temos escuridão completa durante o dia.
Durante um eclipse há duas partes distintas da sombra da Lua que podemos ver. A parte mais clara da sombra é chamada de penumbra. Se o eclipse é total, a parte mais escura da sombra, onde o eclipse é total, é chamada de umbra. Se tu tens a sorte de estar no caminho da parte mais escura do eclipse, também chamada de totalidade, primeiro verás o céu a ficar gradualmente mais escuro, até se tornar completamente escuro. O que acontece é que tu estás parada no caminho da sombra do eclipse.
Quando o céu fica totalmente escuro, tu estás na umbra, a parte mais escura da sombra do eclipse.
A totalidade do eclipse dura normalmente cerca de um minuto e então o processo se inverte. O céu vai-se tornando gradualmente mais claro até que finalmente parece que nada de anormal aconteceu. 


Conselho: Não olhes diretamente o Sol sem proteção adequada para os olhos, mesmo durante um eclipse. Mesmo quando o Sol está parcialmente coberto, os teus olhos podem ficar seriamente danificados se olhares diretamente para o Sol. Óculos de sol não são proteção adequada para os olhos para ver o Sol!

Dica da Layla:
Interpretação dos sonhos
Olá! Os sonhos podem servir como ferramentas muito úteis na auto-descoberta, porém a sua interpretação depende exclusivamente de ti. Os teus sonhos são exclusivos: nenhuma outra pessoa pode ter o teu conhecimento, as tuas emoções e as tuas experiências. Todos os teus sonhos estão ligados à tua realidade individual. Por isso, na interpretação dos teus sonhos é necessário baseares-te na tua vida e experiências pessoais. Hoje iremos ver o significado dos elementos naturais!

Água: Água no teu sonho simboliza o teu inconsciente e seu estado emocional. A água é o fluxo da energia vital. Sonhar que a água está a ferver sugere que tu estás a passar por alguma perturbação emocional, mas pode também significar que sentimentos escondidos no teu inconsciente estão a vir à tona e estão prontos a ser reconhecidos. Ver a água calma e clara no teu sonho significa que tu estás em sintonia com sua espiritualidade: ela indica serenidade, paz de espírito e rejuvenescimento. Se pelo contrario vires água suja ou lamacenta isso indica que tu estás a chafurdar em emoções negativas. Poderá ser necessário que tenhas de dedicar algum tempo a clarear a tua mente e encontrar paz interior. Alternativamente pode sugerir que o teu pensamento está confuso e nublado. Se te vires imersa em água lamacenta isso indica que tu te encontras numa situação que não controlas e a tua razão é dominada pelas emoções. Sonhar que estás a nadar sugere que tu estás a explorar aspectos do teu inconsciente e das tuas emoções. O sonho pode ser um sinal de que estás à procura de algum tipo de apoio emocional. Se sonhares que estás a nadar debaixo de água quer dizer que tu estás completamente submersa nos teus próprios sentimentos e esforças-te a lidar com as tuas dificuldades emocionais. Sonhar que te molhas na chuva significa que em breve irás ser libertada dos teus problemas e dificuldades. A chuva também simboliza renovação. Sonhar que olhas a chuva através duma janela indica que ideias e realizações estão a chegar a tua consciência.

Terra: Ver terra no teu sonho significa totalidade e consciência global. Ela também pode simbolizar a sensação de estar de castigo e a tua necessidade de ser realista. Sonhar com um terremoto sugere que  tu estás a enfrentar uma grande sacudida que está a ameaçar a tua estabilidade. O sonho realça a tua insegurança, medos e a sensação de impotência.

Ar: Sentir o ar frio no teu sonho significa discordância nas tuas relações domésticas Tu podes estar em perigo de perder contacto com a realidade. Sonhar que estás a respirar ar quente significa que sofres a influência de pessoas más ao seu redor. Vento a soprar simboliza a tua força e energia vital. Ele reflecte mudanças na tua vida. Sonhar com ventos fortes significa agitação e problemas... tu estás a ter muito stresse nalguma situação da tua vida!

Fogo: Dependendo do contexto, ver fogo no teu sonho pode simbolizar destruição, desejo, iluminação, transformação, ou a raiva. Isso pode sugerir que algo velho está a deixar-te e algo novo está a entrar na tua vida. Os teus pensamentos e opiniões estão a mudar. Em particular, se o fogo está sob controle ou contido numa área, é uma metáfora do teu próprio fogo interno e transformação interior. Ele também representa o teu desejo e motivação. Sonhar que apagas um fogo significa que tu estás a tentar superar obstáculos na tua vida através de muito trabalho e esforço.